Preciso andar

abril 14, 2013 - Comentários desativados em Preciso andar

Paste a Video URL

Anúncios

Leaves are falling all around

abril 13, 2013 - Comentários desativados em Leaves are falling all around

“Though I traveled foreign lands, sadness didn’t linger in my mind”

abril 8, 2013 - Comentários desativados em “Though I traveled foreign lands, sadness didn’t linger in my mind”

Julie fowlis at her best. Jason Graham is yet to be duely discovered and appreciated. Jenna Reid is a pearl from the islands.

‘Meu amado está em alto mar’

abril 8, 2013 - Comentários desativados em ‘Meu amado está em alto mar’

Os lamentos da canção tradicional gaélica e a identidade atlântica remetendo à literatura galego-portuguesa medieval, na casa da Julie Fowlis. Atenção à pequena Niamh (lê-se “niav”) no colo da mãe, enquanto o pai toca o Bouzouki ao lado! 🙂

We will not write a new one

março 23, 2013 - Comentários desativados em We will not write a new one

There will not be a new one, another one, another one…

You keep saying the past is not dead, well stop and smell the smoke

We are smoke

Please…

março 21, 2013 - Comentários desativados em Please…

Please

Call me Lucifer

‘Cause I’m in need of some restraint

Please, allow me…

março 21, 2013 - Comentários desativados em Please, allow me…

… to introduce myself.

Se sairei desta aventura, ou se nela morrerei…

fevereiro 28, 2013 - Comentários desativados em Se sairei desta aventura, ou se nela morrerei…

Tú gitana que adevinhas
me lo digas pues no lo sé
si saldré desta aventura
o si nela moriré.

O si nela perco la vida
o si nela triunfaré,
Tú gitana que adevinhas
me lo digas pues no lo sé.

A rock feels no pain. An island never cries.

fevereiro 17, 2013 - Leave a Response

But Lord I had …

fevereiro 14, 2013 - Leave a Response

But Lord I had to go
My trail was laid too slow behind me
To face the call of fame
Or make a drunkard’s name for me
Though now this other life
Has brought a different understanding
And from these endless days
Shall come a broader sympathy
And though I count the hours
To be alone’s no injury…
—King Crimson’s Exiles